11 setembro 2013

Regresso às Aulas | Perguntas e Temas relacionados - II

Boa tarde.
Hoje trago-vos a segunda parte da (pequena) rubrica Regresso às Aulas. Podem ver a primeira parte aqui.
Já sabem, podem deixar a vossa opinião nos comentários. Eu agradeço.
(58) transparent bag | Tumblr
4. Não gosto da minha turma. O que faço?
Posso responder a esta pergunta com o meu próprio testemunho. Do 5º ao 9º ano nunca gostei da minha turma. Melhor dizendo, não gostava de algumas pessoas. Durante esse período ouvi aquelas coisas foleiras que se diziam na altura e que não calhava nada bem pois magoava bastante. Enquanto não me apercebi que era muito mais fortes que essas coisas foleiras andei bastante triste e a minha vontade era desaparecer daquela turma. Falei com os meus pais mas, como é óbvio, eles não me deixaram mudar de turma. Tive de arranjar uma solução, aturar aquelas pessoas parvas é que não! Então tornei-me superior a essas pessoas. Passei a não me importar com o que diziam e a ignorar. Acreditem, ignorar é a melhor arma. A minha irmã, que é 9 anos mais velha, sempre me disse para não descer ao nível deles e dizer-lhes as mesmas coisas que diziam a mim. E passou... limitei-me a ignorar e a conviver com as pessoas que me faziam bem. 
Penso que é o que fazem melhor. Não saiam de uma turma por duas ou três pessoas; não faz sentido deixarem pessoas que gostam, assim só estão a dar a vitória àqueles que não interessam. 
Se não gostam da turma completa, então a melhor opção será tentar mudar de turma. Mas também não o façam logo. Tentem conhecer as pessoas que podem apenas estar a dar a entender que são uma coisa que não são e depois de as conhecerem podem tornar-se pessoas melhores.

5. Eu e o meu namorado vamos para escolas diferentes. Será que a nossa relação se vai aguentar?
Quando vi esta pergunta confesso que congelei. E porquê? Quando passei para o 10º ano o meu namorado foi estudar para o Porto e eu fiquei em Gaia. Pensei que a nossa relação iria aguentar essa pequena distância mas a verdade é que não aguentou. Mas isso depende muito da relação que vocês têm. Se o namoro já não é recente têm de conversar muito bem e encontrar a melhor solução. Se ambos estiverem dispostos a lutar pela relação mesmo estando em escolas diferentes e, possivelmente, longe um do outro, então óptimo. Se um de vocês achar que não aguenta estar longe então, não vale a pena estarem a sofrer e a fazer sofrer. Ninguém gosta de terminar uma relação mas alimentar uma relação com base na desconfiança não faz bem a nenhum dos dois!

6. Métodos de estudo e de organização. 
Existem imensos métodos de estudo. Durante o percurso escolar provavelmente vão usar diferentes métodos. Vou deixar-vos alguns métodos de estudo em pequenos tópicos:
  • Recorrer aos apontamentos: enquanto os professores explicam uma certa matéria podemos fazer pequenos apontamentos e, mais tarde, estudar por eles.
  • Sublinhar pontos importantes: por vezes os professores dizem isto é bastante importante, não se esqueçam de. Ao sublinhar não corremos o risco de passar pelos pontos importantes sem darmos conta deles. Existem as canetas fluorescentes que são óptimas para isso.
  • Fazer um horário de estudo: tal como têm um horário escolar podem realizar um horário de estudo onde podem apontar os testes, trabalhos e as horas para estudar.
  • Escrever a matéria importante: este é, de todos os pontos, o que mais usei. Sempre que tinhas testes próximos escrevia a matéria importante de forma resumida e estudava a partir desses apontamentos. Resultava sempre!
  • Ler em voz alta: muitas pessoas só conseguem decorar as coisas lendo em voz alta. Não há problema nenhum nisso. Podem sempre pedir aos vossos pais ou familiar para ficar à vossa frente enquanto falam sobre algum assunto. Os vossos familiares podem sempre colocar-vos questões que fará com que retenham ainda mais.
Muito importante. Quando vão estudar é importante que não tenham o telemóvel perto. Todos sabemos que se recebermos uma chamada ou mensagem vamos parar os estudos e isso não é bom. Se precisarem de ver alguma coisa no computador é importante não fugir do que ia fazer. Se vão ao computador procurar alguma informação sobre o que estão a estudar é para fazer isso mesmo e não pensar que podem dar uma vista de olhos pelo facebook. Ao fugir do que estamos a fazer vamos esquecer os estudos. Sei que falar é fácil mas se queremos bons resultados temos de fazer por isso!
Em relação aos métodos de organização, depende também de pessoa para pessoa. Para quem usa cadernos e não gosta de andar com as folhas todas espalhadas pode sempre recorrer às capas para guardar as fotocópias e quando já não precisar pode guardá-las em casa, num dossier. 
É importante manter a secretária onde vão estudar sempre muito arrumada e com boa iluminação. 

Espero que tenham gostado desta pequena rubrica e se tiverem mais alguma questão ou tema que gostassem que abordasse digam-me que eu faço outro post.

8 comentários:

disse...

adorei as respostas, vou seguir os teus conselhos!

Helen Deadly disse...

Olá Ana! É verdade, estamos sempre a aprender! Que tipos de método de estudos é que estava a falar? Vou agora terminar o 12º ano á noite e algumas dicas davam jeito!

Beijinhos xx

Cidade do Pecado disse...

Mais umas boas dicas :)
Quanto à relação é normal não aguentar, porque quando se é novo nem sempre se tem estômago para aguentar estas pequenas distâncias, mas também nada de deprimir. Se terminou é porque não tinha de ser

beijinho

Inês Brito disse...

Obrigada ♡
Belas dicas de estudo! :b

ballerina. disse...

Gostei muito destes dois posts sobre a escola, é uma mais valia para quem muda de escola, de turma e tudo mais.

Kishikiari disse...

bom post, até fico com saudades de ter aulas xD

Imperfect Mind disse...

Ai... detesto isto! xD
Principalmente estar longe do computador ou do telemóvel enquanto estudo.
Este ano entrei na universidade e lá é muito mais puxado, entrei com uma boa média mas com os meus métodos de estudo não sei se a aguento :s

http://imperfectm.blogspot.pt/

Raquel Painço disse...

Relativamente à questão 5. Eu estudo em Guimaraes mas fico durante a semana em Braga e o meu namorado estuda no Porto. E portanto só estamos juntos aos fins de semana, quando dá e já estamos juntos há quase três anos por isso, isso de estudar em duas escolas diferentes não é um drama pelo menos quando somos mais velhos e já temos idade por exemplo para conduzir e ser mais fácil visitar um ao outro.
Mas claro que estar habituado a estar com a outra pessoa todos os dias e depois deixar esse hábito, é dificil.