09 setembro 2013

Regresso às Aulas | Perguntas e Temas relacionados - I

Olá meninas!
Como prometido trago-vos a rubrica Regresso às Aulas onde abordarei as perguntas e temas que me deixaram. O que vão ler será a minha opinião sincera e nada mais. Se tiverem uma opinião diferente e quiserem deixá-la nos comentários fico-vos muito agradecida.
RESILIENCE. | via Tumblr
1. Estou numa escola/turma nova e não conheço ninguém.
Para muitas pessoas o verdadeiro pesadelo é mesmo este, ir para uma escola/turma nova e não conhecer ninguém. O essencial é manter a calma e tentar ser o mais social possível. E dizem vocês, mas eu sou muito envergonhada e não consigo criar amizades com muita facilidade, sendo assim deixem que sejam os outros a conversar convosco. Se vão para a faculdade - que é o caso de muitas meninas e, desde já, dou os meus parabéns a todas que entraram na faculdade - e se vão para a praxe, por muito envergonhadas que sejam acabam sempre por falar com alguém. O importante é não começarem o ano com um espírito negativo. Ninguém gosta de ver pessoas com cara de má disposição. Deixem a vergonha de parte e tentem fazer amizades. Acreditem, a escola/faculdade é o melhor sítio para criarem amizades, pois quando a fase escolar terminar já não farão amizades com tanta facilidade. Por isso mesmo, aproveitem ao máximo!

2. Tenho algum material escolar do ano passado. Devo reutilizá-lo? Haverá forma de lhe dar uma nova "vida"?
É claro que devemos reutilizar o material escolar! Não é novidade para ninguém que o país está em crise e se pudermos reutilizar algum do material do ano anterior melhor. É claro que temos sempre de comprar alguma coisa como as borrachas, canetas ou lápis. Mas por exemplo, se usam dossier podem sempre dar-lhe nova vida. E faço o quê? O que não faltam são possíveis DIY's. Podem fazer colagens, podem "vesti-lo" com tecidos antigos. Se precisam de comprar cadernos podem sempre optar pelos de capa preta, são bastante baratos, a qualidade das folhas é boa e podem aproveitar o facto da capa ser lisa para lhe fazer mil e uma coisa. O essencial neste ponto é ter imaginação e, caso não a tenham, basta pesquisar na internet.

3. Não tenho a certeza se este é o curso que quero seguir. 
As vezes que eu já ouvi esta frase. Ainda ontem, em conversa com um primo do namorado que vai entrar agora na faculdade a ouvi. Muitas pessoas estão neste dilema durante bastante tempo. Não há nada a fazer! O melhor é aguentarem o primeiro ano e, caso fiquem com a certeza que não é o curso que querem, no ano seguinte pedem transferência.
Se vão agora para o 10º ano terão de fazer o mesmo. Depois de terminarem o 10º ano e ficarem com a certeza que não querem continuar nesse curso devem falar com os vossos pais e explicar a situação. Vão perder um ano, é certo, mas é preferível que andar 3 anos num curso que não é do vosso agrado e ficarem com sonhos pendentes. O importante é estarmos bem connosco e com as nossas escolhas. E não há nada pior que andar num curso que não é do nosso agrado. Se tiverem de mudar, mudem logo após o primeiro ano.

O que acharam destes 3 itens? Concordam com a minha opinião?
Deixem também as vossas opiniões.
Amanhã farei os últimos 3 itens.

9 comentários:

Cidade do Pecado disse...

Já não estou no secundário, mas achei as dicas boas :)

beijinho

Helena Sofia disse...

Querida Ana, concordo plenamente com o que escreveste. Acho que realmente os tempos de estudante são os mais divertidos e serão aqueles anos que mais falta nos vão deixar (fala quem já passou por essa fase). Acho a ideia de forrar os dossies ou cadernos, simplesmente maravilhosa ;) Beijinho

http://blogmacaecanela.blogspot.pt

Marlene disse...

Gostei das respostas, especialmente da primeira, é um otimo conselho ;)

Algodão Doce disse...

Excelentes dicas para quem vai iniciar ano lectivo.

BJ LINDA!

Helen Deadly disse...

Olá Ana! Assim vou mesmo tirar, espero que a menina responda :)

Que belas dicas! Eu já passei por fase estudante inicial e já tenho mais ou menos a noção destas dicas... mas é sempre bom relembrar porque nem sempre sabemos "tudo", right?

Beijinhos xx

S. disse...

As dicas são ótimas! Concordo completamente. Bom post!

XOXO,
S.

Raquel Painço disse...

Eu concordo e quanto à ultima pergunta. Eu quando me candidatei não sonhava ser nada em termos de profissão em especial. Candidatei-me para algo que me pareceu bem.
Sinceramente ainda hoje não tenho nenhuma profissão que veja como "profissão de sonho" mas ao menos aprendi coisas sobre temas que gosto no meu curso.
Quando não se sabe o que se quer ser ao certo acho que é mesmo isto a fazer. Pensar "o que é que eu gostava de aprender?". Além disso, um curso é uma formação, não é algo que nos obriga a fazer aquilo para o resto da vida :p

Marlene disse...

r: Ahahaha,não me parece que isso vá acontecer :p
Nós temos de respeitar sempre os limites de velocidade, não podemos abusar :D

Marlene disse...

é assim mesmo, ultrapassa-os e vinga-te em meu nome :b